segunda-feira, 30 de abril de 2012

SER OVELHA QUE SABE ESCUTAR A  VOZ DO BOM PASTOR

Terça-feira, 01 de Maio de 2012
Texto de Leitura: Jo 10,22-30

22 Celebrava-se, em Jerusalém, a festa da Dedicação do Templo. Era inverno. 23 Jesus passeava pelo Templo, no pórtico de Salomão. 24 Os judeus rodeavam-no e disseram: 'Até quando nos deixarás em dúvida? Se tu és o Messias, dize-nos abertamente.' 25 Jesus respondeu: 'Já vo-lo disse, mas vós não acreditais. As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim; 26vós, porém, não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas. 27 As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. 28 Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão. 29 Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai. 30 Eu e o Pai somos um.'

*************
Escutar a voz do verdadeiro Pastor     

O texto diz: “As minhas ovelhas escutam a minha voz...e eles me seguem”(v.27). Isto quer dizer que a iniciativa de seguir Jesus sempre vem dele. É ele quem nos chama. Nós vivemos no meio do mundo. Ouvimos muitos apelos e vozes e nunca faltam mensagens enganosas e encontramos freqüentemente muitas pessoas que se dizem “pastores” e prometem vida, conforto e felicidade, mas nos decepcionam. Para não cair na armadilha é necessário ter o discernimento e apurar os ouvidos para escutar melhor a voz do verdadeiro Pastor que é Jesus Cristo. Somente Cristo é o pastor que não nos decepciona. É ele quem dá sentido à nossa vida. É preciso ler, escutar e meditar a Palavra de Deus freqüentemente, pois quem a escuta, raramente, é dificilmente identificar a voz do Pastor no meio da multidão de vozes que também querem chamar a nossa atenção. O maior drama do homem certamente consiste em não escutar Deus e a Sua Palavra. Para poder escutar Deus é necessário criar o silêncio dentro de nós.

A certeza de sermos conhecidos e amados por Deus
 
“Eu conheço as minhas ovelhas” (v.27). “Conhecer” biblicamente não se refere a um mero conhecimento intelectual. Conhecer na bíblia ultrapassa o saber intelectual e abstrato. Ele exprime muito mais a relação de amor. Quando Jesus diz que conhece as suas ovelhas, isto quer dizer que tem para com todos nós uma relação de amor profundo. O mesmo amor que o une ao Pai, Jesus exprime também para com as suas ovelhas, todos nós: um amor fiel, eterno, indestrutível. Deus me ama com os meus ideais e minhas decepções, com os meus sacrifícios e alegrias, com os meus sucessos e fracassos.

Com a expressão “as minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem” (v.27), o evangelista quer nos transmitir a fé da comunidade onde se originou o quarto evangelho. A comunidade joanina sentia-se intimamente unida a Jesus, seu pastor, fortalecida na proteção de Jesus e na força do Pai contra todos os inimigos da salvação. É um relacionamento de amor profundo.

Jesus continua a ser o Bom Pastor no mundo inteiro, para todos os seres humanos. Mas todos nós, cristãos, por nosso testemunho, participamos do pastoreio universal de Jesus Cristo. Ao mesmo tempo em que somos conduzidos, ouvindo a sua voz, sendo ovelhas, devemos exercer também a missão de pastores, conduzindo os outros até as fontes da vida: Cristo.

Colaborar na missão salvífica de Jesus através da ação pastoral da Igreja significa levar as pessoas a reconhecerem nele o Deus vivo encarnado para a salvação de todos os que nele crerem. Para que esta ação surta efeito, o anúncio é necessário, mas por si é insuficiente. Não basta apenas falar de Jesus, é preciso obras, é necessária a vivência dos valores evangélicos, o amor precisa ser concretizado. Mas acima de tudo, é necessária a consciência de que somos participantes da divina missão de salvação dos homens e que quem realiza esta obra não somos nós, mas sim o próprio Deus, é ele quem pastoreia através de nós. Somos na verdade canais de graça para que os homens ouçam a voz de Jesus, sintam-se integrantes do seu rebanho e o sigam rumo à vida eterna” (Comentário do site da CNBB).


P. Vitus Gustama,svd


Nenhum comentário: