sexta-feira, 10 de outubro de 2014

 
PALAVRA DE DEUS E FELICIDADE
SOMOS BEM-AVENTURADOS NA VIVÊNCIA DA PALAVRA DE DEUS

Sábado da XXVII Semana Comum
11 de Outubro de 2014
 

Evangelho: Lc 11, 27-28

Naquele tempo, enquanto Jesus assim falava, uma mulher levantou a voz no meio da multidão e lhe disse: Feliz o ventre que te trouxe e os seios que te amamentaram. Ele respondeu: Felizes, sobretudo, são os que ouvem a Palavra de Deus e a põem em prática.

--------------------------

Continuamos a acompanhar Jesus no seu caminho para Jerusalém para ouvir e meditar suas últimas e importantes lições para nós, seus seguidores. É preciso levarmos adiante esses ensinamentos. Hoje Jesus nos dá a lição sobre a importância da vivência da Palavra de Deus para sermos chamados de bem-aventurados.


“Bem-aventurado o ventre que te trouxe, e os peitos que te amamentaram!”, disse uma mulher do meio do povo. O poder de Jesus, a autoridade de sua palavra, a integridade de sua existência provocam a admiração no povo simples representado por essa mulher. Essa mulher se faz porta-voz da bem-aventurança fazendo-a extensiva à Mãe que gerou Jesus e o criou. “Mas Jesus replicou: Antes bem-aventurados aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a observam!”.


Hoje escutamos a melhor das bem-aventuranças que Jesus podia ouvir para sua própria Mãe: “Bem-aventurado o ventre que te trouxe, e os peitos que te amamentaram!”. Com sua resposta, Jesus não recusa o apaixonado elogio que aquela mulher simples dedicava à Sua Mãe e sim que o aceita, e vai mais além, explicando que Maria, a Mãe de Jesus é bem-aventurada, sobretudo, pelo fato de ter sido boa e fiel no cumprimento da Palavra de Deus: “Antes, bem-aventurados aqueles que ouvem a Palavra de Deus”. Quem pode ser exemplo de quem ouve e pratica a Palavra de Deus é Maria, Mãe de Jesus, quando ela diz: “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a Tua Palavra” (Lc 1,38).


Através de seu evangelho Lucas mostra que Maria, a Mãe de Jesus, é um modelo de fé para os homens. Ela, como mulher e como símbolo de todos os seres humanos, recebeu o grande presente da presença transformante de Deus sobre a terra (Lc 1,28). Essa presença se concretiza como “Espírito criador” e se traduz no nascimento do Messias. Através da Palavra de Maria que se oferece e colabora (Lc 1,38: Fiat), se realiza o mistério primordial de nossa história: Deus feito homem; Deus que está conosco (cf. Mt 1,23; 18,20); Deus que vem nos visitar (cf. Lc 1,68.78; 7,16); e Deus que jamais nos abandona (Mt 28,20). Como diziam os antigos: Maria concebeu Jesus com fé antes de fazê-lo com o ventre. Maria é o sinal de uma nova forma de existência. A vida de Maria se converteu em fundamento de júbilo e de bênção para todos os que crêem como ela. Maria é modelo de mulher aberta diante do mistério da vida e modelo de crente que responde de maneira confiante e generosa à Palavra que Deus lhe dirigiu. Maria viveu a Palavra de Deus e da Palavra de Deus.


“Bem-aventurados aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a observam!”. Deus quer que sejamos felizes, afortunados, bem-aventurados (cf. Mt 5,2-12; Jo 20,29). Deus quer nossa felicidade, uma felicidade que começa já neste mundo, ainda que os caminhos para alcançá-la não sejam fáceis. O projeto de Jesus é a felicidade do homem. Para Jesus crer em Deus e viver conforme a Palavra de Deus é a chave para nossa felicidade. É a alegria de crer. Trata-se de uma felicidade que é maior que a própria alegria de viver, porque cremos em uma vida sem fim, eterna. Maria, a Mãe de Jesus não é somente afortunada por ter amamentado e criado Jesus, seu Filho, e sim, sobretudo, por ter sido ouvinte da Palavra de Deus e por ter posto em prática a mesma; por ter amado e por ter se deixado amar por seu Filho. Um poeta chegou a escrever: “Poder dizer ‘Mãe’ e ouvir-se dizer ‘filho meu’ é a sorte que nos invejava Deus”.


Muitas vezes procuramos nossa felicidade longe de nós, às vezes nos lugares errados. Por isso, como resultado é a crescente angústia e a desorientação na vida a ponto de poder chegar ao desespero. Jesus nos dá hoje uma dica simples para viver na alegria, na paz, na felicidade e na serenidade: ler, ouvir, meditar e viver de acordo com a Palavra de Deus. “Bem-aventurados aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a observam!”. Será que sou bem-aventurado? 


A Palavra de Deus continuará a ser eficaz, curadora, e libertadora, se nós soubermos ouvi-la atentamente e vivê-la na nossa vida cotidiana. Se ela curou tantas pessoas, converteu tantos pecadores, libertou tantas pessoas de seus problemas, guiou a vida de tantos homens, esta mesma palavra continua tendo o mesmo poder e a mesma eficácia. A palavra humana pode errar e enganar, porque o homem é fraco. Mas a Palavra de Deus não erra nem engana. A Palavra de Deus é firme para sustentar a vida de quem nela se agarra e por ela se orienta.


Experimente a seguinte dica: antes de dormir leia e medite um texto da Bíblia e durma com a Palavra de Deus. Quando sua mente se deixar proteger pela Palavra de Deus, você vai dormir em paz e vai acordar, no dia seguinte, com outro ânimo. Deus nos ama e cremos no Seu amor.

P. Vitus Gustama,svd

Nenhum comentário: