quinta-feira, 24 de dezembro de 2015





Feliz Ano Novo


Todo Ano Novo é hora de renascer, de florescer, de viver de novo. Não são dias que modificam o mundo. Nós é que somos transformadores do universo. Se iniciarmos o Novo Ano com propósitos renovados. Podemos crer que será melhor que o anterior.


Entre e saia de casa com a vida limpa. Com semblante, com o coração e as mãos purificados. Deixe nos tapetes das portas a lama das difamações e das calúnias.


Deixe que os corações inquietos e perturbados se confraternizem. Faça um abraço fraterno, pois o abraço faz milagres, derruba ódios, vence desconfianças, desmancha suspeitas e transforma inimigos em amigos.


Entre e saia de casa reconciliado, penitente, mais jovem e mais virtuoso. Entre em casa dizendo “Bom Dia!”, saudando pessoal. Leve o amor para distribuir, luz para orientar a família em direção a Deus.


Não esperemos que as pessoas nos modifiquem.
Não vamos exigir a melhora dos outros.
Sejamos nós os pioneiros e os promotores,
Os exemplos e testemunhos da verdade, da justiça e da paz.
Não esperemos por milagres, magias, truques e ilusões.


Se quisermos melhorar o mundo, devemos começar por nós mesmos, como pessoas retas, conscientes, justas e honestas.
Certamente nos sentiremos felizes, realizados, satisfeitos e plenos de Deus.


Não deixe arrastar por coisas passageiras.
Abandone tudo o que entristeceu no ano passado: as amarguras, as decepções, as contrariedades, mágoas, ressentimentos e assim por diante.


Não leve para o Ano Novo ganâncias, nem mentiras.
Leve somente soluções, respostas, aberturas, liberdade, justiça, honestidade, paz, luz e amor. Seja você, neste ano que se inicia, solução e não problema, luz e não treva, paz e não vingança.
Seja você um cultuador de Deus, do bem, da verdade, da paz e do amor.
Comece o Ano Novo com o coração cheio de bondade e de .


“O Senhor te abençoe e te guarde! O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face e se compadeça de ti! O Senhor volte para ti o seu rosto e te a paz(Nm 6,24-26).


P. Vitus Gustama,svd

Nenhum comentário: